Quanto tempo?

Posted: Agosto 20, 2010 in Crítica, Poesia

Desabafo tirado de uma poesia que eu fiz em 2006, dei uma editada, mas ainda penso do mesmo jeito. 4 anos depois e parece que as coisas só pioraram.

_______________________________________________________________

Quanto tempo?

Por quanto tempo eu vou ter que aguentar
Essas pessoas estúpidas tomando conta da minha vida?
Xeretando os vizinhos e espalhando discórdia
Inventando conversas pra ser o centro da história?

Por quanto tempo eu vou ter que concordar
Que o homem trabalhe pra sustentar uma mulher?
Que ela seja calada, sexy, prendada e fiel
E que ele seja galinha, rude, imbecil e cruel?

Por quanto tempo eu ainda vou ver
Alguém jogando lixo no chão ou pela janela de um carro
E reclamando por causa dos ratos no meio da rua
E que perdeu um Mercedes devido à chuva

Por quanto tempo eu vou ter que assistir
Bandidos prendendo cidadãos em suas casas
Reinando dos seus castelos de segurança máxima
E que ganham tudo e eu não tenho nada!

Por quanto tempo eu vou ser assaltado três vezes por mês
Nos impostos, nas taxas e em tudo que eu como,
E ter que reservar o dinheiro do ladrão
E no fim do ano alimentar o Leão

Por quanto tempo eu vou ter que ficar numa fila
Por um monte de papel pra dizer que eu existo
Minha identidade não é mais minha palavra
E não é pela minha alma que eu sou bem quisto

Por quanto tempo ainda vou me envergonhar
Por ver um negro sendo discriminado
Por ver um velho sendo desprezado
Por ver um índio sendo queimado

Por quanto tempo eu ainda vou presenciar
Amores puros destruídos ou fadados a escondidos
Pessoas destratadas e até assassinadas
Por amar decerto ou alguém do mesmo sexo

Por quanto tempo eu verei a adesão
Das crianças ao tráfico, pois não tem educação
Nem comida na escola, nem em casa e nem saúde
E ver o povo parado sem tomar uma atitude

Em quantos funerais a mais eu irei chorar
Por um amigo pego por um carro desgovernado
Ou do amigo bêbado que estava naquele carro
Ou overdose, ou coma alcoólico

Quantas pessoas ainda vão  planejar
A morte de alguém pra se beneficiar
Seja por dinheiro, sexo ou ascensão
A vida parece não valer a pena, não!

Já não bastam os desastres naturais?
Naturalmente causados pelo homem, quem mais?
A igreja que condena, aliena, que vende a salvação
Que se acabem todas elas e que fique a religião

Até quando eu vou ouvir
“O mundo é dos espertos, O ladrão e a ocasião,
A justiça tarda, de cócoras com eles”
O mundo é cego e eu tenho um olho, será que sou rei?

Por quanto tempo vai faltar o bom senso, o consenso,
O silêncio, a justiça, a paz, o amor, liberdade,
Bondade, felicidade, a família, os valores,
Clareza, beleza, o pensamento, a vida em primeiro?

Quanto tempo eu vou ter que esperar pra ser livre?
Quanto tempo eu vou ter que esperar pra viver?
Quanto tempo eu vou ter que esperar, responde aí,
Quanto tempo eu vou ter que esperar pra você evoluir?

_______________________________________________________________

Me responde, quanto tempo Eu vou ter que esperar pra Você evoluir?

Anúncios
Comentários
  1. Marco diz:

    Apesar da distância – já que mal temos tempo de nos ver no trabalho, fora dele, tarefa hercúlea – parece que todo dia descubro uma faceta nova de ti, amigo. Adorei teu texto, e olhe que nem de poesia gosto. Parabéns, amigo, você é demais!

  2. Lucineide diz:

    Lú, que lindo! Profundo! É exatamente o pensamento de todas as manhãs, mas mesmo assim agradeço a Deus por ir consegindo… transpor alguns obstáculos, os quais parecem intransponíveis. E essa nossa política que nos ridiculariza cada dia mais… O que fazer? Esperar? Tomemos a atitude de participar mais, expressar nossa opinião, fomentar nas pessoas o diálogo, o gosto por assuntos que vão fazer a diferença na vida de todos, verdadeiramente! Parabéns Lú, pela poesia!
    Um grande abraço!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s